SALVADOR DALÍ EXHIBITION IN TOMIE OHTAKE

English –

Portugues – 

Español –

_DSC0712

“I don’t do drugs. I am drugs. I don’t story hallucinations, I cause them. Take me, I am the drug; take me, I am hallucinogenic.” – Salvador Dalí.
Last weekend, we went to the Tomie Ohtake Institute to see the Salvador Dalí collection that the institute brought to São Paulo. It’s an amazing collection and a very representative one of the Spanish artist, and even when I missed some artworks from him, it gets to show you the evolution of the artist from the beginning to the end. You can see how he started to paint, and how he became the maximum representative of the surrealism. It also shows us that Dalí could do anything, he could paint about any topic, and never giving up his style. 

We want to share with you some of the artworks that you can see in the exhibition in Tomie Ohtake, in São Paulo. However, we would like to encourage you to go and see everything yourself, mainly because it really deserves being seen in person, and because photos to paints never give justice: lighting in museum is done to admire the work, not to take pictures of it.

“Eu não uso drogas, eu sou drogas, faço alucinações não história, toma- me, eu sou a droga; eu sou alucinógeno.” – Salvador Dalí.
Na semana passada, fomos para o Instituto Tomie Ohtake para ver a coleção Salvador Dalí que o instituto trouxe para São Paulo. É uma coleção incrível e um muito representativa do artista espanhol, e mesmo que não tenha algumas obras dele, pode mostrar a evolução do artista, desde o início até o fim. Você pode ver como ele começou a pintar, e como ele se tornou o representante máximo do surrealismo. Também nos mostra que Dalí poderia fazer qualquer coisa, ele poderia pintar sobre qualquer assunto, e nunca desistir de seu estilo.

Queremos compartilhar com vocês algumas das obras de arte que você pode ver na exposição no Tomie Ohtake, em São Paulo. No entanto, gostaríamos de incentivá-lo a ir e ver tudo mesmo, principalmente porque ele realmente merece ser visto em pessoa, e por causa de fotos para quadros nunca faz justiça ao que realmente é: a iluminação do museu é feito para admirar o trabalho, não para tirar fotos dele .

“Yo no me drogo. Yo soy la droga. No relato alucinaciones, las provoco. Tomadme, soy la droga. Tomadme, yo soy alucinógeno.” – Salvador Dalí.

El fin de semana pasado, fuimos al Instituto Tomie Ohtake para ver la colección que habían traído a São Paulo. Es una colección increíble y muy representativa del artista español, y aunque eché en falta algunas de sus obras, consigue mostrarte la evolución del artista desde el principio hasta el final. Consigues ver cómo empezó y cómo se convirtió en el máximo representante del surrealismo. Y además, también te muestra que Dalí podía hacer cualquier cosa, pintar sobre cualquier tema sin salirse nunca de su estilo.

Queremos compartir con vosotros algunas de las obras que se pueden ver en la exposición en Tomie Ohtake, en São Paulo. Pero también queremos animarte a que vayas y lo veas por ti mismo, primero porque vale la pena verlo en persona, y porque las fotos a las obras de arte nunca le hacen justicia: la iluminación en los museos está para admirar una obra, no para hacerle fotos.

_DSC0707

_DSC0616 _DSC0619 _DSC0622

These paints represent the beginning of Dalí, when he painted about his family. As a curious note: his brother died 9 months before he was born, and was called Salvador as well. When he discovered it, he started to have personality crisis, thinking that maybe his brother was reincarnated in him. Probably that affected his future paints.

Estas pinturas representam o início de Dalí, quando ele pintava sobre sua família. Como nota curiosa: seu irmão morreu nove meses antes de ele nascer, e foi chamado de Salvador também. Quando ele descobriu isso, ele começou a ter crises de personalidade, pensando que talvez seu irmão estava reencarnado nele. Provavelmente afetou suas futuras pinturas.

Estas pinturas representan los comienzos de Dalí, cuando pintaba sobre su familia. Como dato curioso: su hermano murió 9 meses antes de que él naciese, y se llamaba Salvador también. Cuando lo descubrió, comenzó a tener crisis de personalidad, pensando que quizás su hermano se había reencarnado en él.

_DSC0624

Dalí flirted with cubism as well.

Dalí flertou com o cubismo também.

Dalí tanteó el cubismo también.

_DSC0629 _DSC0632 _DSC0633Gala, Dalí’s wife, was his muse and inspiration during his whole career. This paint was dedicated to her, and it’s full of mystery.

Gala, mulher de Dalí, foi sua musa e inspiração durante toda a sua carreira. Esta pintura foi dedicada a ela, e é cheio de mistério.

Gala, la mujer de Dalí, fue su musa e inspiración durante toda su carrera. Esta pintura está dedicada a ella, y está llena de misterio.

_DSC0637 _DSC0640 _DSC0641 _DSC0644 _DSC0648

_DSC0659_DSC0654

This last one was one of my favorites. It was painted in two phases, separated by 10 years: first, he wanted to paint a view of his town. 10 years later, he decided to paint those invisible figures in the bed and the chair.

Este último foi um dos meus favoritos. Foi pintado em duas fases, separadas por 10 anos: em primeiro lugar, ele queria pintar uma visão de sua cidade. 10 anos depois, ele decidiu pintar aquelas figuras invisíveis na cama e a cadeira.

Este último es de mis favoritos. Fue pintado en dos etapas separadas por 10 años: primero él quería pintar un paisaje de su pueblo. 10 años después, decidió pintar esas figuras invisibles en la cama y en la silla.

_DSC0673

_DSC0661 _DSC0662 _DSC0664 _DSC0666 _DSC0667 _DSC0677 _DSC0678 _DSC0681He was cover of lots of important publications around the world.

Ele foi capa de muitas publicações importantes em todo o mundo.

Ocupó la portada de numerosas publicaciones importantes en todo el mundo.

_DSC0686 _DSC0689 _DSC0690

The artist wanted to express how he felt about the atomic bombings on Hiroshima and Nagasaki. There are clear allusions to the USA on the paint.

O artista quis expressar como se sentia sobre os bombardeios atómicos de Hiroshima e Nagasaki. Há alusões claras aos EUA sobre a pintura.

El artista quiso expresar cómo se sintió con los bombardeos de Hiroshima y Nagasaki. Hay claras alusiones a Estados Unidos en la pintura.

_DSC0692 _DSC0694 _DSC0697 _DSC0699 _DSC0701

_DSC0705

_DSC0722 _DSC0723 _DSC0726 _DSC0728

Once more Gala. Dalí was exploring the depth in the paint getting inspiration from Velázquez and his Meninas paint. Velázquez was not only inspiration for Dalí for this paint. From who do you think he got the idea of the moustache?? He obviously exaggerated it, he’s a surrealist artist.

Uma vez mais Gala. Dalí foi explorar a profundidade na pintura recebendo inspiração de Velázquez e sua pintura em Meninas. Velázquez não foi só inspiração para Dalí para esta pintura. De quem você acha que ele teve a idéia do bigode ?? Ele obviamente exagerou, ele é um artista surrealista.

Una vez más Gala. Dalí estaba explorando la profundidad en la pintura inspirándose en las Meninas de Velázquez. Velázquez no fue inspiración para Dalí solo en esta pintura. De quién crees que sacó la idea del bigote?? Claro que lo exageró, es un artista surrealista.

_DSC0735

_DSC0744 _DSC0753 _DSC0756 _DSC0766

This was the most popular part of the exhibition {big lines as well}. Dalí got a picture of the actress Mae West and composed the realistic scenario of an apartment replacing the facial features of the star with furnitures, curtains, etc. The idea is: you sit in the mouth of her, and take a picture of the mirror in front of you. The result is you inside her face.

Esta foi a parte mais popular da exposição {grandes linhas também}. Dalí tinha uma foto da atriz Mae West e compôs o cenário realista de um apartamento substituindo as características faciais da estrela com móveis, cortinas, etc. A idéia é: você se senta na boca dela, e tirar uma foto do espelho na frente de você. O resultado é você dentro de sua face.

Esta era la parte más famosa de la exposición {colas largas también}. Dalí cogió una foto de la actriz Mae West y compuso el escenario realista de un apartamento sustituyendo los rasgos faciales de ella con muebles, cortinas, etc. La idea es: te sientas en su boca, y haces una foto del espejo que hay enfrente de ti. El resultado eres tú dentro de su cara.

_DSC0743 _DSC0769

The building is really big and modern inside. As the entry is free, you can download an app which can guide you through the exhibition.

The Intituto Tomie Ohtake is located in Rua Coropés, 88 – Pinheiros, São Paulo

O prédio é muito grande e moderno por dentro. Como a entrada é livre, você pode baixar um aplicativo que pode guiá-lo através da exposição.

O Intituto Tomie Ohtak e está localizado na Rua Coropés, 88 – Pinheiros, São Paulo

El edificio es muy grande y moderno dentro. Como la entrada es gratis, puedes descargar una aplicación que te guía a través de la exposición.

El instituto Tomie Ohtake está en Rua Coropés, 88 – Pinheiros, São Paulo.

Sin título-2

See you soon with much more in São Paulo!! Don’t miss it!!

Vejo vocês em breve com muito mais em São Paulo !! Não perca !!

Nos vemos pronto con mucho más en São Paulo!! No te lo pierdas!!

_DSC0737

One thought on “SALVADOR DALÍ EXHIBITION IN TOMIE OHTAKE

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s